Loading Loading...
 

MORE_PE – MORE Public Engagement

Governação, Economia esociedade
Palavras-Chave:Envolvimento público em Ciência e Tecnologia (C&T); Comunicação institucional de C&T com a sociedade; Estudo comparativo entre países

Coordenador(a): Marta Entradas (DINAMIA’CET – IUL)

Equipa DINÂMIA’CET-IUL: Maria Eduarda Gonçalves; Manuel Valença; Joana Marcelino

Outros Membros:n.a

Parcerias:The project involves 10 institutions from 9 different EU countries:

  • Martin W. Bauer (London School of Economics, University of London);
  • John C. Besley (Michigan State University, College of Communication, Arts and Sciences);
  • Massimiano Bucchi (Università degli studi di Trento);
  • Giuseppe Pellegrini (Università degli Studi di Padova);
  • Anthony Dudo (University of Texas at Austin);
  • Pedro Russo (Leiden Observatory, University of Leiden);
  • Frank Marcinkowski (University of Munster);
  • Yuh-Yuh Li (National Sun Yat-sen University)
  • Michał Grech (University of Wroclaw) –
  • Luísa Massarani (Casa de Oswaldo Cruz – Fiocruz / Museu da Vida

 

Entidade Financiadora: FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia - Projecto PTDC/IVCCOM/0290/2014

Data de Início: 1/1/2016  Data de Finalização: 1/10/2018

Existe uma necessidade crescente de representação da sociedade na ciência e na tecnologia (C&T) e de diálogo entre cientistas, decisores políticos e o público. Existe ainda consenso acerca da necessidade de envolvimento público (public engagment – PE) em C&T de forma a capacitar os cidadãos nas suas decisões profissionais, pessoais e políticas, e de que é necessário mobilizar recursos para esse envolvimento. Consequentemente, os investigadores sofrem pressão constante para demonstrarem o impacto que a sua investigação tem na sociedade, e as instituições científicas questionam de que forma poderão envolver a sociedade de forma mais eficaz. Contudo, enquanto a investigação em PE se tem debruçado essencialmente sobre as práticas dos cientistas, pouca atenção tem sido dada ao contexto institucional em que o PE ocorre. Isto verifica-se apesar de as instituições de investigação desempenharem um papel crucial de suporte e de criação das instalações, políticas e agendas para o envolvimento público. Esta necessidade de PE por parte das instituições de investigação está claramente assinalada pela EU no programa H2020 “Science with and for society”, que reconhece a necessidade de “apoiar a mudança estrutural nas organizações para a promoção de investigação e inovação responsáveis (IIR)” através da identificação de barreiras e indicadores de envolvimento societal. Mas ainda que as atividades de PE estejam a crescer em vários países e as instituições comecem a criar estratégias de envolvimento público, não sabemos o que está a ser feito, de que modo e com que intensidade, nem qual o impacto que esses esforços estão a ter na sociedade. Esta questão tem ganho relevância à medida que o impacto social se tem tornado uma determinante-chave no financiamento às instituições.
Este projeto - MORE_PE – Mobilization of Resources for Public Engagment – tem como objetivo responder a esta necessidade através da análise da forma como as instituições estão a envolver a sociedade na sua investigação e da criação de indicadores de medida de envolvimento público. Especificamente, o projeto procura constituir uma base global de dados comparáveis sobre as práticas e cultura de envolvimento societal ao nível institucional. Propomos levar a cabo estudos nacionais nos seguintes países: Alemanha, Brasil, Estados Unidos da América, Holanda, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido, Taiwan, e através da aplicação de um inquérito a amostras representativas das unidades de investigação nesses países.O projeto, que é inovador e multidisciplinar, representa um grande avanço na área de estudo dada a sua novidade, o tipo de dados recolhidos, e a sua escala e comparabilidade. Este será o primeiro estudo empírico e comparativo internacional de atividade de PE a nível organizacional. O estudo terá também impactos significativos aos níveis académico, institucional, político e societal: 1) contribuirá para preencher a lacuna na literatura sobre a estrutura organizacional de PE; 2) ajudará à criação de estratégias de envolvimento público capazes de gerar investigação e inovação que responda às necessidades societais; 3) fornecerá dados para a criação de ações políticas concretas para a promoção de PE aos níveis nacional e internacional; 4) a médio e longo prazo, contribuirá para melhorar a compreensão da ciência pelo público e envolver os cidadãos na criação de políticas em C&T, que conduzam a uma sociedade com futuros sociais desejáveis.
www.more-pe.com
n.a.