Loading Loading...
 

Inforest – Centro de Investigação e Inovação em “Matérias-primas florestais não-lenhosas”

 Inovação, Conhecimento e Trabalho
Palavras-Chave: Matérias primas florestais não-lenhosas; Inovação; Parceria; Eco-sistema de inovação 

Coordenador(a): n.d.

Equipa DINÂMIA’CET-IUL: Maria de Fátima Ferreiro, Pedro Oliveira, Daniel Lobo (Bolseiro de Investigação),

Outros Membros: Helena Pereira, Luís Martins, Maria da Conceição Silva, Miguel Bugalho, Nuno Calado, Susana Marreiros (Bolseiro de Investigação)

Parcerias: Associação dos Produtores Florestais do Concelho de Coruche e Limítrofes (APFC), Instituto Superior de Agronomia (ISA/UTL), UNAC - União da Floresta Mediterrânica (UNAC), UNIAUDAX - Centro de Investigação e Apoio ao Empreendedorismo e Empresas Familiares (AUDAX)

Entidade Financiadora: Fundação para a Ciência e a Tecnologia - FCT

Data de Início: 03/2014  Data de Finalização: 09/2014

Consiste na proposta de criação de um Centro de Co-localização InForest, que integra educação, investigação e de actividades de inovação e empreendedorismo, visando os seguintes objectivos:

1. Caracterização da fileira florestal em Portugal com destaque para o sobreiro incluindo o mapeamento dos stakeholders presentes em toda a cadeia de valor;

2. Percepção do valor da floresta e das matérias-primas florestais em termos económicos, sociais e ambientais e das práticas associadas a uma gestão sustentável e ao aumento da qualidade das matérias-primas florestais não lenhosas (p.e. cortiça e resina) através, nomeadamente, do aumento da certificação;

3. Mapeamento do ‘ecossistema de inovação’ do sector tendo em vista a identificação de oportunidade e desenvolvimento de projectos empreendedores em toda a cadeia de valor;4. Levantamento de áreas não cobertas pela investigação e formação profissional relacionadas com o incremento da qualidade das matérias-primas florestais não lenhosas nomeadamente a produção, extracção e tecnologias de transformação da cortiça;

5. Identificação de formas de promoção do associativismo, recolha de informação e coordenação dos stakeholders presentes em toda a cadeira de valor incluindo a articulação e desenvolvimento de parcerias com entidades relacionadas com o design, a arquitectura e outras actividades de natureza artística e criativa;

6. Estudo de mercado tendo em vista a criação de produtos de ensino graduado, pós-graduado e a formação profissional (formal e informal) sobre a temática da floresta e das matérias-primas florestais;

7. Proposta de desenvolvimento de formas de divulgação do conhecimento relativo à floresta e ao montado de sobro através de iniciativas dirigidas ao sistema escolar (escolas do ensino básico e secundário) e à sociedade em geral;

8. Preparação da candidatura ao Knowledge Innovation Community (KIC) (European Institute of Technology (EIT), 2014)

 n.a.
n.a.