Loading Loading...
 

Palestra

No âmbito da unidade curricular “História da Arquitectura Portuguesa”, leccionada e coordenada pela Professora Paula André no Mestrado Integrado em Arquitectura da Escola de Tecnologias e Arquitectura do ISCTE-IUL, será apresentada pela arquitecta Lenora Barbo, a palestra “Brasília antes de Brasília”, onde será revelado o património arquitectónico de matriz vernacular de Brasília antes de Brasília, confrontando-o com a arquitectura de Brasília Moderna. A palestra terá lugar no dia 25 de Setembro pelas 11:00h no auditório B 203 do ISCTE-IUL, estando aberta ao público em geral.

Resumo:

A construção da Nova Capital do Brasil se deparou com uma ocupação tradicional na forma de vida e de produção, onde os antigos moradores mantinham a pecuária como a sua principal atividade econômica. Foram realizadas pesquisas nas antigas fazendas da região, cujas terras foram desapropriadas para a construção de Brasília e que, potencialmente, poderiam abrigar remanescentes da arquitetura de matriz vernacular do Centro-Oeste. Após investigação histórica e visitas de campo, foram encontrados dez exemplares cujas características permitem supor serem edificações erguidas nos séculos XVIII ou XIX. O inventário realizado evidenciou que as moradas de fazendas examinadas, apesar dos anos, conservaram suas características tradicionais e deixou patente o contraste entre esse patrimônio vernacular e as manifestações arquitetônicas modernistas de Brasília, demonstrando que o acervo patrimonial extrapola os limites do Plano Piloto. Não se pode desconsiderar a grande dimensão patrimonial e cultural que esse conjunto de fazendas antigas tem no registro da história do território do Distrito Federal.

 

Nota Curricular:

Lenora de Castro Barbo, possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás, especialização em Reabilitação Ambiental Sustentável Arquitetônica e Urbanística e mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília – UnB. Sua monografia sobre as “Estradas Coloniais do Planalto Central” recebeu Menção Honrosa no II Prêmio José Aparecido de Oliveira, concedido pela Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal a trabalhos e projetos desenvolvidos em prol da preservação e divulgação de Brasília Patrimônio da Humanidade. A dissertação “Preexistências de Brasília: reconstruir o território para construir a memória” recebeu Menção Honrosa da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo. Após ter trabalhado na iniciativa privada e no Poder Executivo, em 1995 por meio de concurso público, ingressou no Poder Legislativo onde exerce o cargo de Consultor Legislativo da Câmara Legislativa do Distrito Federal, na área de Desenvolvimento Urbano, Rural e Meio Ambiente. Tem experiência docente em Arquitetura e Urbanismo. Participa de grupos de pesquisa reconhecidos pelo CNPq e faz doutorado na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UnB.