Loading Loading...
 

Ciclo de Seminários

O Programa Energia e Sustentabilidade é uma nova iniciativa multidisciplinar que agrega investigadores de vários departamentos do ISCTE a trabalhar nesta área temática. O objectivo do Programa é de potenciar trabalhos com maior impacto através da criação de redes de investigação e de recursos colectivos. Um dos objectivos passa pela organização de um ciclo de seminários mensal onde os membros do Programa, mas também especialistas convidados, apresentam as suas investigações. O ciclo de seminários de investigação do Programa Energia e Sustentabilidade arrancou no passado mês de Junho, ocorrendo sempre na primeira Segunda-feira de cada mês, entre as 12h e as 13h, no ISCTE. A sessão inaugural teve lugar no dia 6 de Junho, na sala B102, e contou com a apresentação da Dra. Gabriela Prata Dias, Presidente da Direcção-Geral da ADENE – Agência para a Energia. Esta apresentação versou sobre os desafios que se colocam à eficiência energética em Portugal. O nosso país tem como meta aumentar em 27% a eficiência energética em 2030 (relativamente a 1990). Alguns avanços têm sido registados nomeadamente ao nível da certificação energética, mas maiores progressos são ainda necessários nomeadamente em termos da etiquetagem e reabilitação urbana. Esta última tem um mercado estimado em cerca de uma dezena de milhares de milhões de euros em Portugal. A segunda sessão teve lugar no dia 4 de Julho, igualmente na sala B102. Na última sessão antes de férias interveio o Dr. Eduardo Santos, Director do Departamento de Alterações Climáticas da Agência Portuguesa do Ambiente, IP – APA. A apresentação explorou as implicações do acordo climático de Paris (COP21) para Portugal. A tendência actual de redução das emissões a nível nacional está em linha com os objectivos fixados para 2030 (corte de pelo menos 30% face a 2005). No entanto, estudos internos como o Roteiro Nacional de Baixo Carbono apontam para um potencial de redução de emissões até 2050 de 50-60% face a 1990, mas assumindo alterações importantes que devem começar a surgir ao nível da difusão do solar PV, do aumento da eficiência energética e dos transportes (com o crescimento da mobilidade eléctrica e da importância do transporte público). A grande qualidade das duas intervenções no ciclo de seminários do ano lectivo 2015/16 atesta a importância desta iniciativa a qual julgamos constituir uma mais-valia para a comunidade científica do ISCTE. Este facto leva-nos a considerar a possibilidade de manter a iniciativa no próximo ano lectivo, com eventuais ajustamentos ao modelo original. Comentários e sugestões sobre o modo de organização dos seminários são bem-vindos!