Loading Loading...
 

Equipa

Nome: Filipa Fiúza
Email: filipa.fiuza.arq@gmail.com
Contactos:

Filipa Fiúza (Cacém, 1988) completou o Mestrado Integrado em Arquitectura (2010) no ISCTE_Instituto Universitário de Lisboa, com a dissertação Um Projecto Inglês: a influência da arquitectura Anglo-Saxónica nas Torres de Alfragide, da qual publicou um resumo na secção de call for papers do Jornal Arquitectos. Co-organizou a exposição, conferência e catálogo Habitar em Colectivo: arquitectura portuguesa antes do S.A.A.L. (ISCTE-IUL, 2009), dedicada à produção de habitação colectiva em Portugal entre os anos 1948 e 1974. Colaborou em vários  projectos de investigação, entre os quais destaca o projecto Os Gabinetes Coloniais de Urbanização: cultura e prática arquitectónica. Integra actualmente, como bolseira de investigação,  o projecto Habitações para o maior número: Lisboa, Luanda e Macau, coordenado pela investigadora Ana Vaz Milheiro, e frequenta o 1º ano do doutoramento.
Arquitectura e Urbanismo nas antigas Colónias Portuguesas; Arquitectura Brutalista, Atelier Conceição Silva, Arquitectura dos anos 1960
Milheiro, Ana; Filipa, Fiúza (2013). A Arquitectura dos Gabinetes de Urbanização Colonial em Moçambique (1944-1974), in Actas do Congresso Internacional Saber Tropical em Moçambique: História, Memória e Ciência, Lisboa: IICT (aguarda publicação)

Fiúza, Filipa (2013). Torres de Habitação em Alfragide, Atelier Conceição Silva – um projecto inglês, in Passagens – Paisagens Distantes, a CRIL uma avenida pós moderna, n.º 1, p.172-175

Fiúza, Filipa (2012). Os edifícios institucionais do Ministério do Ultramar na Metrópole, in Palcos da Arquitectura vol.II, Lisboa: AEULP, p.236-242

Fiúza, Filipa (2011). Um Projecto Inglês – a influência da arquitectura anglo-saxónica nas Torres de Alfragide, in JA – Jornal Arquitectos, 242 (Jul./Ago./Set.), p.4-8

“Habitações para o maior número: Lisboa, Luanda, Macau”, Fundação para a Ciência e Tecnologia (desde 2012). [Ref. PTDC/ATP-AQI/3707/2012]

“Gabinetes Coloniais de Urbanização: Cultura e Prática Arquitectónica”, Fundação para a Ciência e Tecnologia (2010-2013). [Ref. PTDC/AURAQI/104964/2008]

Descarregar PDF [+]