Loading Loading...
 

Equipa

Nome: Ana Vaz Milheiro
Email: avmilheiro3@gmail.com
Contactos:

Ana Vaz Milheiro (Lisboa, 1968)Doutoramento pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (2004). Autora dos livros A Construção do Brasil – Relações com a Cultura Arquitectónica Portuguesa (2005) e Nos Trópicos sem Le Corbusier, arquitectura luso-africana no Estado Novo (2012). Docente no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa e investigadora do DINÂMIA´CET. Investigadora Responsável dos projectos de investigação apoiados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia: Os Gabinetes Coloniais de Urbanização: Cultura e Prática Arquitectónica (2010-2013), e Habitação para o maior número: Lisboa, Luanda, Macau (2013-2015).
Arquitectura e Urbanismo nas antigas Colónias Portuguesas
Milheiro, Ana Vaz (2012). Nos Trópicos sem Le Corbusier – Arquitectura Luso-Africana no Estado Novo, Lisboa: Relógio d’Água. ISBN: 978-989-641-301-9.

Milheiro, Ana Vaz (2013). “Africanidade e Arquitectura Colonial: A casa projectada pelo Gabinete de Urbanização Colonial (1944-1974)”, in Cadernos de Estudos Africanos – CEA/ISCTE-IUL, n.º 25 (Jan./Jun.), p. 121-139 [http://cea.revues.org/866?lang=en].

Milheiro, Ana Vaz (2011). “Fazer Escola: a arquitectura pública do Gabinete de Urbanização Colonial para Luanda” in Prado, Roberto Goycoolea; MARTÍ, Paz Nuñez, La Modernidad ignorada – arquitectura moderna em Luanda, Angola, Madrid: Universidad Alcala, p. 98-131.

Milheiro, Ana Vaz (2011). “A produção arquitectónica das regiões ultramarinas nas revistas Arquitectura e Binário” in Mesquita, Marieta Dá, Revistas de Arquitectura: Arquivo(s) da Modernidade, Lisboa: Caleidoscópio/FCT, p. 112-133.

Milheiro, A. V. (2012). “Africanicity and Colonial Architecture: the Response of the Colonial Planning Office (1944-1974) ”, in EAHN, European Architectural History Network, Session: Regionalism redivivus. Do we need a closer look?, Second International Meeting, Bruxelas, p. 326-330.

“Habitações para o maior número: Lisboa, Luanda, Macau”, Fundação para a Ciência e Tecnologia (desde 2012). [Ref. PTDC/ATP-AQI/3707/2012].

“Gabinetes Coloniais de Urbanização: Cultura e Prática Arquitectónica”, Fundação para a Ciência e Tecnologia (2010-2013). [Ref. PTDC/AURAQI/104964/2008]

Descarregar PDF [+]